Coleta Seletiva

A coleta seletiva e os sistemas de logística reversa estão relacionados à implementação da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos.

De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010 , a coleta seletiva é a coleta de resíduos sólidos previamente segregados conforme sua constituição ou composição:

coleta-seletiva-solidaria-2

Fonte da figura: http://meioambiente.culturamix.com/lixo/coleta-seletiva-solidaria

Coleta Seletiva Solidária  

Instituições públicas federais devem destinar os resíduos recicláveis a associações de catadores e afins, visando o incentivo à criação e ao desenvolvimento de cooperativas ou de outras formas de associação de catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis. A Coleta Seletiva Solidária é prevista no Decreto 5940/2006.

Coleta Seletiva na UFMG

Atualmente, na UFMG, os seguintes resíduos são destinados à coleta seletiva:

Apenas os resíduos de papel e papelão da UFMG são destinados à Coleta Seletiva Solidária, pois não houve associações de catadores aptas a receberem os outros tipos de resíduos conforme as exigências previstas no edital. As lixeiras para coleta seletiva são utilizadas em caráter educativo, pois infelizmente a comunidade ainda não executa a segregação de forma adequada o suficiente para viabilizar a reciclagem dos resíduos descartados desta forma.

Salvar

Salvar

Anúncios